Acordo para a visibilidade do Salto do Yucumã é assinado em Porto Alegre


  • 08/02/2018 9h01 - Atualizado em 08/02/2018 9h02

Acordo para a visibilidade do Salto do Yucumã é assinado em Porto Alegre

Os turistas poderão contemplar novamente visível, a maior queda d'água longitudinal do mundo pelo menos aos finais de semana, sem que fique comprometida a geração de energia elétrica no Rio Uruguai.

Este é o resultado do acordo da Agência Nacional de Águas (ANA), que definiu as regras para a operação da Usina Foz do Chapecó, em operação desde 2010, garantindo a visibilidade do Salto do Yucumã, no Parque Estadual do Turvo, em Derrubadas. 

O acordo, oficializado na manhã desta terça-feira, 6, em ato no Palácio Piratini, é resultado de uma ação conjunta encabeçada pelo Consórcio Rota do Yucumã, juntamente com a Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema), Prefeitura de Derrubadas e o Estado de Misiones (Argentina) junto ao governo federal.

Em razão da grande quantidade de água do Rio Uruguai, escoada pela usina hidrelétrica Foz do Chapecó, na maior parte do tempo, o salto ficava submerso, prejudicando o turismo dos dois lados do rio, que divide o Parque Estadual do Turvo e o Parque Provincial Moconá, na província argentina. 

A partir de agora, em períodos que caracterizam baixas vazões, a descarga deve ser igual ou inferior a mil metros cúbicos de água por segundo entre o meio-dia de sexta-feira e o meio-dia de domingo. O diretor da ANA, Ney Maranhão, fez a entrega formal do acordo aos governadores do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, e da província argentina de Misiones, Hugo Passalacqua. 

O Salto del Moconá é patrimônio natural da Argentina e o acordo é o primeiro resultado concreto na área ambiental da parceria bilateral entre os dois estados, firmado em agosto de 2017. “O Estado precisa garantir infraestrutura para quem quer investir no Rio Grande do Sul e a geração de energia é fundamental para o desenvolvimento. Mas o estado também precisa preservar suas riquezas naturais, cuidar do meio ambiente e incentivar o turismo. Por isso a necessidade de se encontrar uma solução sem prejuízo a nenhuma das partes envolvidas. Assim, com união, compreensão e bom senso conseguimos resolver o conflito de maneira que todos saíram ganhando”, comemorou o governador Sartori. 

Estiveram em Porto Alegre, prefeitos e lideranças regionais. Para Clairton Carboni, prefeito de Tenente Portela e Presidente do Consórcio Rota do Yucumã "esta foi uma vitória de toda a região que irá se beneficiar com a visibilidade do Salto do Yucumã, não teríamos como desenvolver o turismo sem o salto, muitos dos turistas, estavam saindo decepcionados ao não ver o Salto do Yucumã, agora pelo menos nos finais de semana, com precipitações de chuvas normais,  teremos a certeza da visibilidade do Salto do Yucumã"

A partir de agora, o Salto fica plenamente visível para os turistas que desejam visitá-lo nos sábados e domingos. As informações estarão disponíveis no site da Sema e pela página no Facebook do Salto do Yucumã.

Veja nossos canais de contato

Fale com a prefeitura


  • Rua Benjamin Constant, 429 - Centro
  • (55) 3331-8200
  • Horário de atendimento: De segunda à sexta das 8h30 às 11h30 e 13h30 às 17h.