Cuidado com a criança e o adolescente é destacado em evento da SMDS


  • 13/06/2018 9h44 - Atualizado em 13/06/2018 10h00

Representantes do Poder Judiciário e do Ministério Público elogiaram o funcionamento da rede de proteção à criança e ao adolescente de Ijuí. Manifestação ocorreu na manhã desta terça-feira, 12, durante o ato de lançamento de mais um programa que foca a garantia de direitos a crianças e adolescentes: o Programa Família Acolhedora. O evento, que teve lugar no Salão Farroupilha na Prefeitura de Ijuí, reuniu autoridades, conselheiros municipais, representantes de entidades e comunidade em geral.

Cuidado com a criança e o adolescente é destacado em evento da SMDS

Ao se dirigir ao público presente, a promotora Marlise Bortoluzzi, afirmou que Ijuí dava mais um passo importante no cumprimento da Constituição Federal e do Estatuto da Criança e do Adolescente(ECA). “O município de Ijuí está dando um passo de extrema importância no cumprimento dos ditames da Constituição Federal e do Estatuto da Criança e do Adolescente, já que a lei municipal que institui o Programa Família Acolhedora vem possibilitar a implementação de medida de proteção prevista que é o acolhimento comunitário, no qual o nosso município é carente”, pontuou. A promotora destacou ainda, o esforço, entre os vários atores – Poderes Executivo, Judiciário e Ministério Público e Legislativo - que permitiu a construção dessa nova legislação. Também reconheceu o empenho da equipe que irá responder pela coordenação do programa. “Uma sociedade que investe nas suas crianças e adolescentes, investe no seu futuro”, afirmou.

Cuidado com a criança e o adolescente é destacado em evento da SMDS

Na mesma linha se posicionou a juíza Maria Luíza Gaspary. Ao falar de improviso, ela recordou que veio para Ijuí em 2007, quando assumiu a Vara da Infância e da Juventude naquela época, permanecendo até 2009, e que depois, por motivos pessoais, resolveu trocar a sua competência. “Na época eu já era muito impressionada com o que o município de Ijuí fazia. Assumindo agora em março de 2018 eu estou simplesmente maravilhada”, afirmou ela, ao destacar o trabalho realizado pela Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente aqui no município. “A rede é modelo para qualquer município do Estado, quiçá do Brasil”, assegurou e foi adiante: “nós temos pessoas abnegadas trabalhando no município de Ijuí e na Comarca de Ijuí e eu tenho que fazer essa observação porque é muito bom trabalhar aqui nessa rede, são pessoas capacitadas buscando o melhor para a sociedade”, reiterou.

Ainda na sua fala, a juíza atribuiu a esse quadro o fato de Ijuí ter, segundo ela, tão poucos problemas na infância e juventude. “O Poder Judiciário é muito conhecido por apontar as espadas, para fazer cumprir as leis, mas a gente também tem a balança e essa balança serve justamente para fazer esse reconhecimento”, disse, atribuindo também o reconhecimento ao Poder Legislativo e ao trabalho do Ministério Público. “A doutora Marlise é proativa. Ela não só pensa. Ela faz acontecer”, afirmou.

Saiba mais sobre o Lançamento do Programa Família Acolhedora.


Veja nossos canais de contato

Fale com a prefeitura


  • Rua Benjamin Constant, 429 - Centro
  • (55) 3331-8200
  • Horário de atendimento: De segunda à sexta das 8h30 às 11h30 e 13h30 às 17h.