Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos Urbanos



1) Programa Socioambiental Reviva
2) Projeto de Educação Ambiental “Caminhos da Reciclagem”
3) Projeto Coletivos de educadores (curso de extensão)
4) Coleta Seletiva
5) Ecopontos
6) Programa Lâmpada Legal
7) Consórcio Intermunicipal de Saúde do Noroeste do RS

Subprogramas:

Coleta Seletiva

A coleta seletiva de resíduos recicláveis em Ijuí teve inicio em novembro de 2007, para a coleta e transporte de resíduos sólidos domésticos (RSD) e de resíduos sólidos recicláveis (RSR). O material coletado pela empresa é encaminhado para duas associações de catadores de materiais recicláveis do município (Acata e ARL6), sendo esse material, parte significativa de fonte de renda dessas pessoas.


Consórcio Intermunicipal de Saúde do Noroeste do RS

A Câmara Setorial de Saneamento Básico – CSSB, criada através do Cisa – Consórcio Intermunicipal de Saúde do Noroeste do RS, existe desde julho/2009. A instalação desta câmara se deu pela necessidade de discutir, de forma regional, soluções para problemática da disposição final do resíduo doméstico. O CISA é formado por 37 municípios, porém, da CSSB integram 11 municípios, a citar: Ajuricaba, Augusto Pestana, Boa Vista do Cadeado, Bozano, Catuípe, Coronel Barros, Cruz Alta, Jóia, Nova Ramada, Ijuí e Pejuçara. Estes municípios representam uma população de 186046 habitantes. Os municípios da câmara contrataram o serviço de levantamento e indicação de áreas aptas para recepcionar o aterro municipal que apresente logística favorável e também, atenda todos os condicionantes ambientais impostos para este tipo de empreendimento. Assim, a empresa fará o licenciamento prévio, bem como o estudo de impacto ambiental para encaminhar ao órgão ambiental estadual para análise. Com a finalização do processo de avaliação, será possível efetivar a aquisição da área escolhida e iniciar, após o licenciamento de instalação, a construção do aterro sanitário regional que tem a estimativa de recepcionar cerca de 100 toneladas resíduo/dia.


Ecopontos

Ecopontos são locais de destinação de resíduos que causam algum malefício aos seres humanos. No caso de Ijuí são encontrados dois tipos de ecopontos: um para recolhimento de pilhas (devido aos metais pesados) e outro para o recolhimento de vidro (por ser altamente cortante e causar acidentes graves quando mal acondicionados). Há no município mais de 100 Ecopontos, sendo que são disponibilizados nesses locais bombonas para o armazenamento dos resíduos. O recolhimento é realizado semanalmente com caminhões da prefeitura e também há acompanhamento de responsável técnico da prefeitura. Os vidros coletados são encaminhados a uma empresa do município que realiza a reciclagem dos mesmos. As pilhas são armazenadas, para serem enviadas as empresas produtoras.


Programa Lâmpada Legal

O programa Lâmpada Legal promovido pela SMMA visa incentivar a devolução das lâmpadas fluorescente inutilizadas, contendo vapores metálicos, no local da compra, visto o potencial poluidor desse tipo de resíduo, enquadrado como perigoso pela normativa da ABNT. Sendo que, devido aos metais pesados como mercúrio, este resíduo é considerado perigoso.

Programa Socioambiental REVIVA (Reciclagem, Vivência e Valorização):

Esse programa foi instituído através da Lei Municipal nº 5.096, de 07 de outubro de 2009 e tem como público alvo os catadores de materiais recicláveis de Ijuí, com a finalidade de promover a defesa do meio ambiente, a mudança de comportamento social e a geração de trabalho e renda. O programa é formado por um grupo de trabalho Socioambiental, com representantes de cinco Secretarias municipais (Secretaria de Meio Ambiente, Secretaria de Desenvolvimento Social, Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Secretaria de Educação e Secretaria de Saúde), cinco Coordenadorias municipais (Coordenadoria de Habitação, Coordenadoria de Cultura, Coordenadoria de Desporto e Lazer, Coordenadoria de Trânsito e Central de projetos) e um representante de cada cooperativa ou associação de catadores do município, além de representantes da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí) através da Incubadora de Economia Solidária. Várias ações relacionadas à coleta seletiva, bem como a atividade dos catadores de materiais recicláveis, foram planejadas e executadas, entre elas:
- A busca qualitativa e quantitativa dos materiais destinados as associações de catadores, através do programa de Educação Ambiental, que trabalha com a população do município.
- Promover a construção de associações de catadores, através de Empreendimentos de Economia Solidária, estimulando a formação técnica, política e pedagógica dos profissionais da reciclagem. Como também potencializar a geração de renda de suas famílias.
- Projetos para a construção de galpões de reciclagem, sendo que no total serão seis galpões instalados, iniciando-se em 2010 Os galpões irão possibilitar aos catadores um local apropriado para realizar seu trabalho, protegidos da chuva e frio, além de disponibilizar os equipamentos necessários para a seleção dos resíduos recicláveis.


Projeto Coletivos de educadores (curso de extensão)

Observamos a geração de resíduos em ritmo muito maior que a capacidade de reciclagem dos mesmos, sendo que, parte desses resíduos ainda não tem um destino adequado. Nesse sentido, a educação ambiental assume uma função importante na mediação entre culturas, saberes, comportamentos diferenciados e interesses de grupos sociais, para realizar as transformações necessárias na promoção de um desenvolvimento com maior sustentabilidade. O presente projeto tem por objetivo realizar curso de extensão para Formação de Educadores Ambientais, capacitando assim, diferentes grupos de coletivos, para atuarem como transformadores, multiplicadores e fiscalizadores da geração, segregação e disposição correta dos resíduos sólidos domiciliares coletados no município de Ijuí. O curso envolverá uma equipe multidisciplinar que irá trabalhar com coletivos educadores, discutindo temas ambientais, de saúde pública, econômicos e sociais referentes à gestão de resíduos sólidos domiciliares e tem sua implantação prevista para dezembro deste ano.


Projeto de Educação Ambiental “Caminhos da Reciclagem”:

Esse programa tem como principal objetivo o gerenciamento adequado para os resíduos sólidos domésticos gerados pela comunidade Ijuiense, aperfeiçoando o sistema de coleta seletiva, reciclagem e compostagem. Para alcançar esse objetivo, serão desenvolvidas diversas ações, mas duas são identificadas como centrais:

a) Campanha educativa, com distribuição de materiais impressos (campanha SE-PA-RE), referentes a classificação dos resíduos, o destino adequado (incluindo composteiras), e os dias de coleta de cada tipo de resíduos no bairros do município. b) Formação de agentes multiplicadores através de atividades orientadoras dos processos de segregação, reciclagem e compostagem, por meio de oficinas educativas: a) Oficina “Mala de reciclagem”: identificar com os participantes quais são os materiais domésticos passíveis de reciclagem, qual é a matéria- prima e o destino adequado. Através da exposição dos materiais para manipulação, questionário e apresentação sistematizadora. b) Oficina “Minha composteira”: oficinas sobre compostagem de lixo orgânico, com material de instruções sobre a instalação de composteiras domésticas, técnicas de disposição dos resíduos, controle da compostagem, tempo de degradação dos materiais e utilizações do composto resultante. A Prefeitura Municipal, por meio da SMMA, fará a distribuição de composteiras de plástico reciclado para os interessados, que serão cadastrados para que ocorra o monitoramento. c) Oficina “Reciclagem na natureza”: trabalho realizado junto a EMATER- IJUÍ, através de visita prévia e posterior, essa oficina conta com explicações sobre a construção de composteiras, envolvendo cerca de 300 famílias da zona rural de Ijuí.


CLIQUE E SAIBA MAIS SOBRE COLETA DE RESÍDUOS.






Veja nossos canais de contato

Fale com a prefeitura


  • Rua Benjamin Constant, 429 - Centro
  • (55) 3331-8200
  • Horário de atendimento: De segunda à sexta das 8h30 às 11h30 e 13h30 às 17h.