1º Vestibular de Medicina é marca histórica para Ijuí

Conquista do Curso amplia a visibilidade do município e impacta o desenvolvimento socioeconômico de Ijuí e região


1º Vestibular de Medicina é marca histórica para Ijuí

Prefeito Valdir Heck e a primeira-dama Jussara Heck estiveram pela manhã de ontem, 24, no Salão de Eventos da São Geraldo, para prestigiar esse momento da Universidade de grande importância para Ijuí e região. Eles conversaram com familiares que acompanhavam alguns dos cerca de 1,1 mil candidatos inscritos neste 1º Concurso Vestibular para o curso de Medicina. “A Universidade está de parabéns pela organização e, principalmente, pela forma acolhedora com que recebeu vestibulandos e àqueles que os acompanhavam”, pontuou Valdir Heck.

Nas entrevistas concedidas às rádios que passaram a manhã transmitindo de lá, tanto o prefeito quanto à reitora Cátia Maria Nehring, destacavam a visibilidade que a conquista do Curso dá para Ijuí. “Esse é um dia histórico! O Curso de Medicina da Unijuí certamente impactará de forma positiva o desenvolvimento não só de Ijuí, mas da região como um todo”, enfatizou o prefeito de Ijuí. “A conquista do Curso de Medicina é o resultado de um trabalho desenvolvido há 28 anos, o que significa para uma Instituição definir um projeto estruturante até chegarmos no dia de hoje, um projeto que terá impacto regional”, afirmou a reitora.

O 1º Concurso Vestibular de Medicina da Unijuí recebeu inscrições de candiatos de 18 estados da federação. Do Rio Grande do Sul foram 121 municípios, cujos candidatos tiveram suas inscrições homologadas. A movimentação começou cedo, por volta de 6h da manhã de ontem, 24. A abertura dos portões ocorreu às 8h. Os candidatos realizaram a prova na Sede Acadêmica da Universidade. As sirenes para o início da prova soaram às 8h30 e o término foi às 12h30. A prova foi composta por 40 questões objetivas, além de uma redação.  

O tema de redação do primeiro Vestibular do curso de Medicina foi baseado em um texto publicado no jornal “El País Brasil”, de Mariana Cerrati, que é consultora on-line do Banco Mundial, que questiona “Quanto custa formar o trabalhador do futuro?”. O texto afirma que oferecer educação de qualidade, saúde e proteção social às novas gerações sai caro, mas essencial e possível, segundo novo relatório do Banco Mundial.

O curso

O curso de Medicina da Unijuí, que terá duração de seis anos, vai preparar os profissionais para atuar nas áreas de atenção à saúde, de gestão e educação em saúde, tanto no sistema público quanto no privado, atendendo às necessidades individuais e coletivas, em diferentes cenários de trabalho: unidades básicas de saúde, unidades sanitárias especializadas, ambulatórios, serviços de vigilância sanitária, assistência domiciliar, na comunidade (escolas e creches), unidades especializadas em reabilitação física, serviços de atendimento móvel de urgência, hospitais-dia, hospitais secundários e terciários, com todos os seus serviços (inclusive pronto-atendimento e emergência), consultório/clínicas, instituições de ensino e/ou pesquisa.



Enviar por e-mail Imprimir

Veja nossos canais de contato

Fale com a prefeitura


  • Rua Benjamin Constant, 429 - Centro
  • Contato (55) 3331-8200
  • Horário de atendimento: De segunda à sexta das 8h30 às 11h30 e 13h30 às 17h.