Comunidade recebe orientações sobre combate ao Aedes aegypti


No sábado, 13, ocorreu uma grande ação de combate ao Aedes aegypti em Ijuí. O mosquito é transmissor do vírus da dengue, zica e chicungunha. Participaram do Dia D, 175 militares e 180 civis.

Durante a ação, foram visitadas 8.085 residências e empresas, sendo que em outras 3.588 foi feita panfletagem de material de orientação e 1.675 locais estavam fechados. No mesmo dia, a Vigilância Sanitária atendeu a 13 denúncias, sendo que destes locais três foram notificados, um deles foi feita ação imediata e outro foi encaminhado ao Ministério Público. Também foi feito bloqueio em cerca de 15 quarteirões por meio de inseticida, nas redondezas das residências de duas pessoas que tiveram confirmação de dengue na semana que passou.

Hoje, Ijuí já registra seis casos de dengue autóctones e um importado, de moradores de diferentes bairros da cidade.

Segundo o coordenador da Vigilância Epidemiológica, Rinaldo Pezzetta, o índice de infestação predial subiu de 2,40 para 3,15. "É preciso que cada um elimine todos os possíveis criadouros do mosquito para evitamos uma epidemia em Ijuí", ressalta, lembrando que um simples papel de bala ou uma tampinha de garrafa podem criar mosquito.

Comunidade recebe orientações sobre combate ao Aedes aegypti

Comunidade recebe orientações sobre combate ao Aedes aegypti


Veja nossos canais de contato

Fale com a prefeitura


  • Rua Benjamin Constant, 429 - Centro
  • Contato (55) 3331-8200
  • Horário de atendimento: De segunda à sexta das 8h30 às 11h30 e 13h30 às 17h.