Ijuí apresenta índice de alto risco para a presença do mosquito da dengue


Ijuí apresenta índice de alto risco para a presença do mosquito da Dangue

Na manhã desta sexta-feira, 6, o prefeito Fioravante Ballin realizou reunião com os membros e o coordenador de campo da Vigilância Ambiental, Rinaldo Pezzetta, juntamente com a secretária da Saúde, Alexandra Lentz. Durante o encontro foram discutidos métodos para a prevenção e combate à Dengue no município de Ijuí.

Com base em dados do LIRAa, o Levantamento de Índice Rápido de Aedes aegypti, executado em janeiro de 2015, o município foi classificado como Alto Risco para a presença do mosquito, com o índice de 5,7. De acordo com a pesquisa, o estrato formado pelos bairros Independência, Thomé de Souza, Pindorama, Lulu Ilgenfritz, Distrito Industrial, Burtet, Mundstock, São Paulo, Progresso, Nossa Senhora da Penha, Osvaldo Aranha e Tiarajú apresentou o maior índice de infestação predial.

De acordo com Pezzetta, os pequenos depósitos móveis e outros materiais classificados como lixo, continuam sendo os mais importantes criadouros de mosquitos e correspondem a 70% da totalidade, sendo estes os focos das ações a ser desencadeadas pela Vigilância Ambiental.

Estas ações serão constituídas por uma extensa campanha de conscientização com data prevista para o último final de semana do mês através da passagem de carros de som pelos bairros após as 18h com a finalidade de alertar os moradores; operação de fumacê nas áreas de risco; ação residual com inseticidas para eliminar o mosquito adulto, bem como o uso de armadilhas.

A Vigilância Ambiental ressalta que durante a epidemia em 2010, foram diagnosticados mais de 3000 casos de Dengue tipo 2, além da doença assintomática. Embora as vítimas tenham desenvolvido imunidade à doença, existe a possibilidade de contágio pelos tipos 1, 3 ou 4, casos mais severos que evoluem para a Dengue hemorrágica e que podem levar o paciente a óbito. 


Veja nossos canais de contato

Fale com a prefeitura


  • Rua Benjamin Constant, 429 - Centro
  • Contato (55) 3331-8200
  • Horário de atendimento: De segunda à sexta das 8h30 às 11h30 e 13h30 às 17h.