Município intensifica a fiscalização contra focos do mosquito da dengue


Município intensifica a fiscalização contra focos do mosquito da dengue

Iniciaram-se nesta quarta-feira, 25, as fiscalizações para combater a proliferação do mosquito e evitar uma possível epidemia de Dengue no Município. A ação tem por finalidade chamar a atenção das pessoas para que cada faça sua parte no combate a dengue, eliminando locais que possam servir como ponto de proliferação do mosquito transmissor da doença. As equipes irão fiscalizar terrenos baldios e residências com acumulo de lixo e capoeira alta.

Conforme o coordenador da Vigilância Ambiental em Saúde, Rinaldo Pezzeta, Ijuí está com um índice de infestação predial geral de 5,7, classificado como alto risco para a presença do mosquito, “por isso será realizada uma nova visita as residências, eliminando os pequenos depósitos de lixo que são os principais criadouros de mosquitos”.

Município intensifica a fiscalização contra focos do mosquito da dengue

Município intensifica a fiscalização contra focos do mosquito da dengue

Inicialmente os agentes irão vistoriar os pontos que já foram denunciados pela comunidade ou comunicados em visitas anteriores. Em seguida, a fiscalização irá se estender ao restante da cidade, sendo que as equipes irão notificar os proprietários de terrenos e imóveis com possíveis criadouros do mosquito e, posteriormente, poderá ser aplicada multa.



A atividade será desenvolvida por agentes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA); Vigilância Sanitária e Vigilância Ambiental em Saúde.

Dia D: Para sensibilizar a comunidade quanto aos perigos da doença, no dia 7 de março será realizado mais um Dia D de combate a dengue. Na data serão dadas orientações para a comunidade na Praça da República e em alguns pontos da cidade.

Prevenção: A melhor forma de se evitar a dengue é não acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras, entre outros.

Município intensifica a fiscalização contra focos do mosquito da dengue


Para não se repetir: Durante a epidemia de 2010, foram diagnosticados mais de 3 mil casos de dengue tipo 2, além da doença assintomática. Embora as vítimas tenham desenvolvido imunidade à doença, existe a possibilidade de contágio pelos tipos 1, 3 ou 4, casos mais severos que evoluem para a dengue hemorrágica e que podem levar o paciente a óbito.


Veja nossos canais de contato

Fale com a prefeitura


  • Rua Benjamin Constant, 429 - Centro
  • Contato (55) 3331-8200
  • Horário de atendimento: De segunda à sexta das 8h30 às 11h30 e 13h30 às 17h.