Núcleo de Vigilância Sanitária de Ijuí orienta comerciantes sobre mudanças na Legislação

Capacitação teve como público-alvo proprietários e responsáveis por estabelecimentos de alimentos, como mercados, supermercados, açougues e fiambrerias


Núcleo de Vigilância Sanitária de Ijuí promove orientações aos comerciantes de produtos de origem animal

O Núcleo de Vigilância Sanitária de Ijuí realizou na tarde desta quarta-feira, 19, no auditório do Sindicato Rural Patronal, reunião de capacitação com cerca de 50 participantes, entre proprietários e responsáveis por estabelecimentos de alimentos, como mercados, supermercados, açougues e fiambrerias. Em pauta estiveram as principais mudanças na Legislação sobre produtos de origem animal, orientações sobre manuseios e distribuição dos mesmos, e as respectivas normas sanitárias alteradas pela Secretaria Estadual de Saúde.

A coordenadora do Núcleo, Maria Alice Nogara, abriu a reunião saudando os presentes chamando a atenção para a importância de estarem reunidos para discutir estas mudanças, com um espaço aberto para se tirar dúvidas e trocar conhecimentos.

Núcleo de Vigilância Sanitária de Ijuí promove orientações aos comerciantes de produtos de origem animal

Na sequência, o prefeito de Ijuí, Valdir Heck, destacou o objetivo do encontro, sobretudo, por se tratar de um momento de orientação, antes da aplicabilidade das alterações na Legislação. “É importane darmos um tempo, para que estes empresários possam se organizar e se preparar até mesmo para que quando forem fiscalizados, estejam com tudo certinho. Queremos deixar bem claro que nosso objetivo não é multar, mas em primeiro lugar, orientar para que cada um saiba o que fazer”, complementou Valdir.


Conforme o responsável técnico da  Secretaria de Desenvolvimento Rural e Vigilância Sanitária de Ijuí, medico veterinário Adriano Lorenzoni, o encontro foi motivado pela necessidade de atualizar os proprietários e responsáveis por estabelecimentos de comércio de alimentos, acerca da legislação vigente. A alteração na Legislação, segundo ele, define quatro possibilidades para o comércio de produtos de origem animal: Açougue tipos I e II e Fiambreria tipos I e II.

Interessados em conhecer mais sobre todos os itens trabalhados durante a reunião podem acessar  aqui.

Núcleo de Vigilância Sanitária de Ijuí promove orientações aos comerciantes de produtos de origem animal


Núcleo de Vigilância Sanitária de Ijuí promove orientações aos comerciantes de produtos de origem animal




Veja nossos canais de contato

Fale com a prefeitura


  • Rua Benjamin Constant, 429 - Centro
  • Contato (55) 3331-8200
  • Horário de atendimento: De segunda à sexta das 8h30 às 11h30 e 13h30 às 17h.