Prefeito e coordenadora de artesanato da FGTAS discutem legislação

Encontro teve lugar no Gabinete do chefe do Executivo na manhã de hoje


Prefeito e coordenadora de artesanato da FGTAS discutem legislação


O prefeito Valdir Heck recebeu na manhã de hoje a visita de representantes da Fundação Gaúcha do Trabalho. Acompanhados do coordenador da Unidade FGTAS/Sine de Ijuí, Flamarion Miranda, eles trataram sobre questões relativas à legislação brasileira. O encontro aconteceu um dia após o Seminário realizado na Casa do Produtor dentro da programação oficial da 11ª Feira de Negócios da Indústria de Ijuí (Fenii), cujo tema foi Artesão em Foco, numa iniciativa do Poder Executivo de Ijuí e  Emater, com apoio  da Associação de Artesãos de Ijuí (Adai), Associação do Brique da Praça (Abrique) e Projeto Vida Rural. 

“A coordenadora de Artesanato da FGTAS, Marlene Garcia,  trouxe dados interessantes e o impacto da atividade da economia”, comenta o prefeito Valdir Heck.  De acordo com a coordenadora, em 2017, a atividade pontuou com  2,6% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional.  Para formar o PIB é necessário somar todas as notas fiscais emitidas pelo artesão, por isso Marlene supõe que o volume de vendas tenha sido superior aos 2,6%, pois muitos artesãos não emitem nota fiscal. "Por isso é importante que o artesão esteja com as carteiras -- nacional e estadual  -  em dia e faça a emissão da nota fiscal. É desta maneira que se consegue mostrar para nossa governança a importância deste trabalho", insistiu a representante do FGTAS.

Nesse sentido, segundo o prefeito haverá uma reunião nos próximos dias envolvendo representantes do Poder Executivo com as presidentes das duas entidades representativas dos artesãos e, posteriormente, um encontro ampliado. A ideia é que todos os artesãos passem a emitir a nota. “O artesão paga o ICMS na compra da matéria-prima para fazer seu produto artesanal e  não paga quando faz a venda. Isso não vai mudar. Mas uma vez formalizada a atividade passa a contribuir com o valor adicionado do município que serve como base para montagem do índice de retorno do ICMS”, explica Valdir Heck. Atualmente, segundo dados da FGTAS Ijuí item mais de 900 artesãos e, destes, apenas em torno de 540 estariam formalizados. 


Com informações da Assessoria de Imprensa da Emater


Veja nossos canais de contato

Fale com a prefeitura


  • Rua Benjamin Constant, 429 - Centro
  • Contato (55) 3331-8200
  • Horário de atendimento: De segunda à sexta das 8h30 às 11h30 e 13h30 às 17h.